<br>
Treze meses depois da Copa do Mundo de 2006, Zagallo admitiu que está aposentado do futebol. Seu último cargo foi o de coordenador-técnico, na campanha do Brasil na Copa da Alemanha.

"Estou aposentado. Não pretendo voltar a ser treinador de clube ou seleção. Apenas estou vivendo o futebol de fora", disse, em entrevista à agência <i>EFE</i>.

Recentemente, Zagallo foi submetido à cirurgias, como a retirada do estômago, do duodeno e da vesícula. Para ele, sua idade – 76 anos – não permite mais pressões.

"Estou aposentado, mas se surgir algum convite para trabalhar como coordenador ou conselheiro, posso pensar. Como técnico, não aceito mais nada", disse o ex-jogador.

Como sempre, ele se mostrou orgulhoso de seus feitos – que não são poucos. "Tenho a felicidade de ser o único tetracampeão do mundo. Deus me iluminou. É difícil que alguém alcance essa marca, inclusive pela idade. Eu tive uma seqüência de jogador e treinador", completou ele.

<b>Veja também:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=21038>Quais são os melhores técnicos da história? Confira lista!</a>

Sem mais artigos