Veterano e vencedor de Copas do Mundo, Mario Jorge Lobo Zagallo enxerga o futebol como poucos, mas como muitos vê Neymar como o grande nome do futebol brasileiro atualmente. No entanto, para o ‘Velho Lobo’, que hoje concedeu entrevista à imprensa internacional no Rio de Janeiro, o jovem craque precisa conviver com jogadores mais experientes para poder mostrar brilhar com a camisa da seleção.

“Neymar é nosso grande jogador no momento, mas não tem a quem olhar para aprender. Ele é um diamante a ser lapidado. Joga bem, mas precisa de alguém com experiência a seu lado”, disse Zagallo em entrevista coletiva.

Campeão do mundo como jogador em 1958 e 1962, em 1970 como técnico e em 1994 como auxiliar técnico, Zagallo disse que Pelé ganhou muita experiência treinando com jogadores de alto nível, como Garrincha, Didi, Vavá, Zito, Nilton Santos e ele próprio.

Além disso, o ‘Velho Lobo’ afirmou que Carlos Alberto Parreira, recém-contratado como coordenador técnico, junto com o novo treinador, Luiz Felipe Scolari, “sabe que tem que convocar jogadores com experiência na seleção” para que Neymar possa aprender.

O ex-jogador afirmou que a CBF foi imprudente ao demitir Mano Menezes no último dia 23 de novembro. “Houve imprudência em demití-lo neste momento, porque as coisas começavam a melhorar. Todos os brasileiros viram que foi um erro”, disse o ‘Velho Lobo’.

No entanto, Zagallo afirmou que Felipão e Parreira formam uma dupla competente e com chances de ganhar a Copa do Mundo de 2014, se focarem em seu trabalho.

Zagallo também falou sobre o Maracanã, estádio que considera sua segunda casa. O ex-jogador e ex-treinador lembrou que em 1950 colaborou com a retirada de madeiras da construção quando era soldado do Exército, pouco antes de ficar na arquibancada durante o famoso ‘Maracanazo’, a derrota do Brasil para o Uruguai por 2 a 1 na final da Copa.

Sem mais artigos