O ex-jogador francês Zinedine Zidane inaugurará no dia 9 de maio o novo estádio do Terek Grozny, da capital da república da Chechênia, informou nesta quinta-feira o ministro de Cultura, Esportes e Turismo local, Haidar Aljanov.

“Zidane já confirmou sua participação na cerimônia de inauguração. Por isso, tenho certeza de que o evento será lembrado não apenas pelos chechenos, mas pelos torcedores de futebol de todo o mundo”, afirmou Aljanov.

Também foram convidados os presidente da Uefa, Michel Platini, e do Real Madrid, Florentino Pérez, segundo agências de notícias russas.

As autoridades da Chechênia também devem realizar um amistoso entre o Terek, que disputa a primeira divisão do Campeonato Russo, e algum grande clube europeu.

“Estamos negociando com Barcelona, Juventus e Manchester United”, revelou o ministro checheno.

O novo estádio de Grozny, onde voltarão a ser disputas partidas oficiais de futebol em 2008, após 14 anos de interrupção devido à guerra, terá capacidade para cerca de 30 mil espectadores.

O local receberá o nome de Ajmat Kadyrov, pai do atual presidente checheno e que foi assassinado em 2004, exatamente no dia 9 de maio, pela guerrilha separatista em um atentado a bomba.

Apesar de a ideia ter sido descartada em princípio pelo Governo, o líder checheno, Ramzan Kadyrov, ainda espera sediar algum jogo da Copa do Mundo de 2018, além de jogos de competições europeias.

O Terek Grozny é treinado pelo ex-atleta holandês Ruud Gullit e conta no elenco com três brasileiros: o volante Maurício e o atacante Rodrigo Tiuí, ambos revelados no Fluminense, e o zagueiro Antônio Ferreira, ex-Profute, também do Rio de Janeiro. 

Sem mais artigos