Valesca cresceu, apareceu, cortou os cabelos e parece ser uma nova mulher, principalmente quando olhamos para a época de ouro da Gaiola das Popozudas, lá atrás. Não é o caso de dizer se ela melhorou ou piorou, até porque a Valeishca (sim, leia com sotaque, por favor) manda bem desde sempre, cantando ou não no Baile da ~Vogue~. Ela mesma reconhece que as mudanças não foram poucas; nas últimas semanas, a funkeira postou um vídeo no seu perfil no Instagram com uma espécie de retrospectiva, mostrando fotos antigas e atuais. Mal dá para acreditar numa versão morena da Valesca, para começar.

 

Como a gente curte essa gata desde os primórdios do funk brasileiro, resolvemos mostrar por que Valesca Popozuda também passou pelo raio gourmetizador e merece estar nos holofotes. Traz a bebida que pixxxca!

Valesca is the new black:

A funkeira foi convidada pela Netflix para gravar um clipe especial para a série “Orange Is The New Black”, cantando “Minha Poussey é o poder!” e anunciando sua participação na Parada Gay, ao lado das atrizes de OITNB. Ela arrasou demais e ganhou o coração dos fãs da série com essa adaptação de “Minha pussy é o poder”. Olha só!

Valesca <3 Ellen Page:

Não é só no Brasil e no funk que a Valesca arrasa, viu? Ela tem um posicionamento bem legal sobre os direitos da comunidade LGBT. Tanto é verdade que essa fama chegou na Ellen Page, que convidou a funkeira para participar do documentário sobre a causa LGBT, produzido e dirigido pela própria atriz. Demais, né? As duas ficaram amiguinhas durante as filmagens, que rolou no Rio de Janeiro, e até tiraram uma selfie juntas! ♥

10995262_795799543790179_1413905684_n

“Com a querida @ellenpage hoje pela manhã, foi bom demais esse encontro , falamos sobre tudo, em breve vocês vão conferir uma super entrevista falando sobre as causas e lutas #LGBT ! O que posso adiantar é que foi uma honra e um privilégio ter participado e feito parte desse projeto!! Foi emocionante e muito legal nosso encontro!! was a pleasure to have known you, I hope you enjoyed, I loved”

Rainha das Popozudas e Rainha das Selfies:

Quantas funkeiras tiveram a oportunidade de ficar lado a lado com a musa Kardashian? Pois bem, a lindona não só participou do evento que marcou o lançamento da coleção da Kim para a C&A, como ti-e-tou a miga gringa e disse que iria ensiná-la a dançar funk e descer até o chão. Com aquela comissão de trás, acho que seria difícil para a Kim subir depois.

valesca e kim

A Kim, inclusive, foi uma inspiração para a Valesca, que mudou aos pouquinhos o próprio guarda-roupa (outra mudança muito marcante na trajetória da popozuda). Olha que fofura o que ela escreveu no Instagram, depois de ter conhecido a diva Kardashian:

“Haaaaaaa, morriiiiii conheci a Diva @kimkardashian ❤️ logo quando comecei a curtir moda e mudar meu estilo, a #kimkardashian foi uma das mulheres que me inspirei, sou apaixonada em tudo nela, seria impossível listar uma das coisas que mais gosto, eu quando recebi o convite fiquei me tremendo toda, fiquei imaginando como seria isso, o que eu iria sentir, o que eu iria falar!! Fiquei tão feliz mas tão feliz que nem dormi direito nessa noite de tanta ansiedade que senti! Ela foi uma simpática ao extremo, ela foi como eu sempre imaginei #Diva !! Sim eu TO alucinada ainda e muito eufórica com esse encontro! Se eu pudesse falaria horas e horas para descrever tamanha felicidade! Ela é um ícone da moda pra mim é isso significou muito!”

Beijinho no ombro no Baile da Vogue:

Sabe aquele baile de carnaval chiquérrimo da Vogue para o qual você nunca foi convidado? Brinqs! Então, a Valesca não só foi convidada como cantou um dos seus maiores hits para a nata da sociedade paulistana: “Beijinho no Ombro”! Você acha que a mulherada ficou na plateia, apenas observando? Todo mundo se jogou no rebolado com o funk!

Valesca é popozuda AND feminista:

A estudante Mariana Gomes, de 24 anos, foi aprovada em segundo lugar para no curso de pós-graduação em Cultura e Territorialidades da Universidade Federal Fluminense, com o projeto “My pussy é poder – A representação feminina através do funk no Rio de Janeiro: Identidade, feminismo e indústria cultural”. Orgulho define!

Além de Valesca, outras funkeiras maravilhosas foram contempladas no projeto, como a Tati Quebra Barraco. Depois da aprovação de Mariana, Valesca foi convidada para ser patronesse da turma de calouros da estudante. SÓ AMOR! “O funk entrou na minha vida como um filho. Infelizmente ainda existe discriminação com quem canta funk. Fico feliz em saber que este ritmo é estudado nas universidades”, comentou a funkeira, em agradecimento ao convite. Lacrando o rolê acadêmico, apenas!

Beijinho no ombro goes Bündchen:

Tem beijinho no ombro na Vogue? Sim, e também tem no São Paulo Fashion Week, para o desespero das inimigas! A Gisele desfilou pela Colcci, em abril, e aproveitou para mandar a clássica pose do beijo no ombro, ao lado da nossa rainha Valesca. As duas ficaram maravilhosas juntas, claro, mas é a prova de que a funkeira popozuda tá cada vez mais gourmet, né não?

Valesca tem migas T-O-P, meu:

Nessa terça, dia 9, a Valesca participou do lançamento da coleção Verão 2016 da Morena Rosa, ao lado de muita gente fina e chiquérrima. Entre elas, a empresária e consultora de moda Constanza Pascolato e as modelos Isabeli Fontana e Lea T. Parece um lance meio confuso, né? Tudo bem, porque a Valesca e as tops posaram que nem #bffs e arrasaram. Gracinha!

isabeli-fontana-valeska-popozuda-lea-t-0445

E por enquanto a gente só falou de alguns pontos altos da carreira da Valesca, né? As mudanças também podem ser vistas no visual glamouroso da funkeira. Ela cortou as madeixas, ficou um pouquinho mais loira e agora tem até uma personal stylist para providenciar aqueles looks maravilhosos. Olha só como ela mudou, gente!

Sem mais artigos