Alta, super simpática e dona de um cabelo invejado por muitas modernas, a modelo Fernanda Quilici mudou sua carreira depois de cortar seus longos cabelos e descolori-los. Pegou campanhas como Renner, Zapping e Maria Garcia e fez editoriais para Elle, Marie Claire e Vogue RG.

Batemos um papo com a moça no backstage do SPFW enquanto ela comia um pé-de-moleque, sobre a mudança em sua vida:

Você gosta de ser modelo?

Amo, adoro, não me vejo fazendo outra coisa. Mas depois que tudo isso acabar, quero fazer algo com cinema ou publicidade.

Tem vontade de fazer faculdade?

Tenho muita! Não sei se aqui no país ou fora, mas tenho muita vontade.

Uma modelo paulistana! Não é diferente?

É, sempre brinco com as meninas que sou a original cosmopolita, mas pe mesmo difícil achar modelos daqui de São Paulo. Normalmente são do interior.

Quantos desfiles nessa temporada?

Já fiz dois, Alexandre Herchcovitch (olhos brilharam) e Wilson Ranieri. Mas ainda tenho 15 para confirmar! Espero estar no da Neon pois adoro o Dudu Bertholini e as peças da marca.

Qual a última comprinha fashion que amou?

Este macacão Doc Dog que uso com tudo. Largo, com cinto na cintura, salto, tênis… Ah e uma legging de cintura alta da Prints I Like que amei.

Seu estilista preferido?

(Fala sorrindo) Alexandre Herchcovitch!

Sem mais artigos