Aline (Vanessa Giácomo) está decidida a se livrar de César (Antonio Fagundes) e com a chegada de Rebeca (Paula Braun), a secretária quer acabar com os dois de uma vez só em Amor à Vida.

Para piorar a situação, Paloma (Paolla Oliveira) visita a casa do pai e estranha a ausência de Rebeca, que está sendo feita de refém pela vilã, após tela visto com Ninho (Juliano Cazarré). Não podemos ficar com essa médica presa o resto da vida”, diz Aline ao amante.

“Eu acho que dois dias é o tempo certo, ideal pra gente se mandar. Eu só fico com medo que dê algum rolo por causa dessa médica intrometida”, continua Aline.  “Qualquer coisa a gente tem o galpão pra se esconder. O Valentin foi embora, mas me deixou a chave. A gente pode ficar lá até um mês”, diz Ninho.

“Abre uma cova, do jeito que eu falei, atrás da casa. E arruma umas plantas pra botar em cima, a gente põe a médica lá (…) Sabe que eu tenho dó dele? Cego. Muitos cegos se adaptam, tem uma vida normal. Mas o César não, ele não se conforma, coitado. Então, eu acho que, se o César partir dessa pra melhor, vai ser até um favor”,  continua Aline, decidia a acabar com César.

“A gente o sufoca com o travesseiro, como estava planejado. E deixa o bebê para alguém cuidar. Mas eu sou a mãe dele, e ele é herdeiro do César. O que a gente não pegou ainda, pega depois. A gente vai se dar bem, meu amor”, diz Aline.

Sem mais artigos