O sonho de ter um filho de Niko (Thiago Fragoso) será mais traumático do que o chef poderia imaginar, em Amor à Vida. Amarilys (Danielle Winits) conseguirá expulsá-lo de casa e com ajuda de Eron (Marcello Antony).

Ao saber que a dermatologista receberá alta do hospital, o chef oferece a sua casa para que ela fique, enquanto se recupera. No entanto, em vez de ficar agradecida, Amarilys culpa Niko pelo acidente que sofreu.

“Você brigou comigo, gritou, me deixou desnorteada e exigiu que eu encontrasse um lugar pra morar. Eu saí como uma louca, arrumei um flat e, como eu tinha pouco tempo pra ir à imobiliária assinar o contrato, eu cometi uma imprudência no trânsito. A culpa de tudo que aconteceu é sua”, diz Amarylis.

O chef, para não piorar a situação, não discute com a dermatologista e desconversa: “Amarilys, se você acha que a culpa é minha, tudo bem, fica assim mesmo. O importante é você se recuperar. Eu cuido de você, fica lá em casa”.

No entanto, não satisfeita em morar na casa, a dermatologista pede que Niko se mude de lá, e Eron concorda: “Niko, com a Amarilys numa longa recuperação, e o bebê pra cuidar, talvez o melhor mesmo fosse, não hoje, mas daqui a um tempo, você sair”.

“Eu adotei um menino! A adoção definitiva ainda não saiu. A assistente social, a psicóloga da Vara da Infância, precisam saber que o Jayminho (Kaiky Gonzaga) tem uma família”, argumenta o chef que ainda diz que o apartamento foi comprado junto com ele.

“Eu vou cooperar com o que for preciso. Mas após esse período, seria bom que você arrumasse um lugar pra ficar. É o mais lógico”, diz Eron que continua firme na decisão de expulsar Niko de casa.

Sem mais artigos