Com a novela Amor à Vida começando a entrar na reta final, Félix (Mateus Solano) realmente deixa de ser o vilão da trama e se redime ao entregar para Paloma (Paolla Oliveira) o pen drive que Mariah (Lúcia Veríssimo) revela as armações de Aline (Vanessa Giácomo).  Ele aproveita o encontro com a irmã para confessar as maldades que fez contra ela e sua filha Paulinha (Klara Castanho).

Ele diz para a irmã que um gesto de generosidade pode mudar uma vida, mas Paloma resiste: “É impossível perdoar o que você fez pra Paulinha. Eu não tenho a menor vontade de te ouvir”.

Félix diz que mudou quando foi morar com Márcia (Elizabeth Savalla) e que aquele pen drive irá salvar a relação dela com Bruno (Malvino Salvador). Ele aproveita e confessa que adulterou provas de DNA para que Paloma não fosse apontada como mãe de Paulinha e que trocou remédios da filha da médica.

Paloma fica ensandecida e parte pra cima do irmão. “Eu não digo que mudei completamente, mas hoje, quando olho a netinha da Márcia, eu não sei como pude atirar a Paulinha numa caçamba. É em nome desse sentimento que agora está surgindo no meu coração… Agora que sinto a capacidade de gostar de você… Que vou te dar isso. Não espero o seu perdão, porque perdão não é uma palavra mágica, que resolve tudo de uma hora para outra. Mas é uma prova de que, depois de tudo que aconteceu, eu me tornei um homem capaz de um gesto de generosidade”, diz Félix.

A médica não escuta direito o que o irmão fala, pois está com muita raiva. Ela agride Félix. Bruno acaba intervindo e separando os dois. Félix então finalmente entrega o pen drive e diz: “Eu acho que isso é algo que vai mudar a sua vida, Paloma. É um presente, deixado pela sua mãe biológica, e que caiu nas minhas mãos”.

Depois de Félix se retirar, Bruno e Paloma descobrem que Aline é prima da médica e que a vilã fez uma armação para separar o casal. Chocados, a mãe de Paulinha resolve pedir perdão a Bruno.

As cenas estão previstas para ir ao ar no dia 06 de janeiro e as informações são do jornal Extra.

Sem mais artigos