Niko (Thiago Fragoso) consegue comprovar a paternidade de Fabrício e consegue a guarda do filho, em Amor à Vida. A vitória do chef ocorre após o juiz ler o resultado do teste de DNA de Amarilys (Danielle Winits) e Eron (Marcello Antony), que comprova que eles não possuem qualquer laço de filiação consanguínea com o bebê.

“Impossível. Tem alguma coisa errada!”, diz Amarilys. “Esse resultado prova que o implante do óvulo fertilizado deu certo. Fabrício é meu filho, tinha certeza disso, sentia, no fundo do meu coração, que ele é meu filho”, responde Niko.

Amarilys por sua vez, questiona a veracidade do teste e Silvia (Carol Castro) retruca, afirmando que não há razão para questionar, já que o teste foi feito seguindo critérios judiciais. A advogada ainda afirma que entrará com liminar para que a guarda definitiva do menor seja dada a Niko, incluindo um pedido para mudança de nome no registro de nascimento. “Ele deve ter o nome do meu cliente”, conclui ela.

Sem se dar por vencida, a dermatologista acusa Niko de ter tido um caso com o rapaz do laboratório e pedido para forjar o resultado. “Você está mentindo, o exame foi claro, o óvulo não era seu. Não existe relação genética entre você e o Fabrício”, responde Niko.

Sem mais artigos