Ana Paula Padrão, de 47 anos, falou sobre a decisão de deixar a TV para ter mais tempo para si mesma, em entrevista para a revista Tpm deste mês de maio.

“Metade das decisões que tomei foi para garantir que teria vida pessoal fora da minha carreira. A gente vira escrava do sucesso. As pessoas gostam de mim na bancada, o mercado gosta de mim na bancada, sou um bom produto na bancada, a audiência confia em mim e isso é muito bom para empresas patrocinadoras do telejornal, porque atraio bons patrocinadores. É bom para a TV, para os patrocinadores e para a audiência. Mas e eu?”.

Em casa, ele recebe a ajuda do marido, o economista Walter Mundell, para realizar as tarefas do lar: “É uma relação equilibrada. Os dois trabalham muito, mas ele divide tudo comigo e por isso eu não tenho a tripla jornada que quase toda mulher tem, porque ele divide mesmo as coisas comigo”.

A jornalista ainda comentou ter desistido de tentar ter um filho: “Para mim era vontade de perpetuar aquela história e aquela pessoa, mas vi que eu estava criando um ponto permanente de angústia na gente. Os casos de sucesso são muito alardeados, mas os de insucesso não saem de dentro das clínicas. Quantas mulheres se sentaram ao meu lado naquelas clínicas com 11, 12 tentativas fracassadas? Disso ninguém fala”.

Ana Paula Padrão sobre deixar a TV: 'Foi para garantir que teria vida pessoal fora da carreira'

Sem mais artigos