Após o sucesso do ensaio para a Playboy, Antonia Fontenelle tem recebido diversos convites para fazer outros cliques sensuais. Mas a viúva do diretor Marcos Paulo é categórica em afirmar que não pretende posar novamente, e, nesta quarta-feira (11), em seu Twitter, compartilhou com seus seguidores mais uma recusa, se mostrando irritada com o assédio dos sites do ramo.

Ela desabafou: “Gente, recebi um convite para posar novamente para o site Paparazzo, aí eu me pergunto: Em que língua eu estou me comunicando? A impressão que tenho é a de que não estou me fazendo entender”.

“O que faz alguém achar que vou posar pro Paparazzo a essa altura da minha vida? Ai, ai. Devem estar pesando que eu vou seguir a cartilha… Nunca segui, porque seguiria agora?”, concluiu.

Os sites começaram a insistir no nome de Antonia após o fenômeno de vendas da Playboy, em julho, que, no dia do seu lançamento, já estava em falta na maior parte dos pontos de distribuição do pais.

Na festa, em que a socialite e atriz recebeu cerca de 500 pessoas, ela comentou: “A revista está com uma cara nova. Foi uma decisão kamikaze minha. Duas coisas poderiam acontecer: eu poderia ser execrada ou as pessoas poderiam ver como um recomeço, como uma volta por cima. Eu tomei uma porrada, ainda estou um pouco zonza da porrada, mas consciente”.

A editora Abril estava passando por um processo de reformulação dos produtos editoriais. Antonia contou à BANG Showbiz que ela estava se preparando para sair na capa de dezembro, mas foi chamada às pressas para marcar as mudanças da publicação.

“Quando eu conversei com o Thales Guaraci, ele me pediu em julho. Conversei com o meu filho e com meu sogro [o pai do diretor Marcos Paulo, morto em novembro de 2012]. Meu filho disse que topava, sem restrições. E meu sogro falou: ‘Segue seu caminho como você sempre fez, porque quem gosta de você vai continuar gostando e quem não gosta…'”, revelou.

A festa aconteceu no mais tradicional reduto gay do Rio de Janeiro, a boate Le Boy.

Sem mais artigos