Aos poucos Lily Allen vai se reerguendo psicologicamente da perda recente do seu segundo filho, fruto do relacionamento da artista com Sam Cooper. Ela, que estava no sexto mês de gestação, sofreu um aborto espontâneo. A cantora agradeceu aos fãs via Twitter pelas mensagens de apoio que vem recebendo desde a perda do bebê. “Obrigada pelas mensagens. Ainda estou mal, mas as mensagens estão me ajudando a ficar mais forte”.

De acordo com o jornal Daily Mail, uma infecção viral foi à provável causa do aborto.

Em 2007, Lily passou por uma tragédia semelhante ao perder seu primeiro filho com apenas um mês de gravidez. Na época, ela também sofreu aborto espontâneo.

Sem mais artigos