Arthur Picoli acha doentio pessoas desejarem morte de Bolsonaro

Participante da 21ª edição do BBB, Arthur Picoli não anda gostando de ver nas redes sociais pessoas desejando a morte do presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro (sem partido).

O instrutor de crossfit entende que as pessoas podem discordar da atual gestão do governo, mas que torcer para que o presidente morra é algo insano.

“Não concordar com a atual gestão do nosso país é uma coisa, desejar o pior para o presidente já é doentio, deseje saúde, pois no momento é o que todos nós queremos e precisamos. Que todos fiquem bem, amigos e família”.

O perfil do PT de São Paulo aproveitou a publicação do ex-BBB para comentar que apesar de adversários na política e do desejo de derrotar Bolsonaro, todos são “seres humanos”.

Sem mais artigos