Apesar da novela Em Família estar programada para terminar em julho, o casal protagonista da história de Manoel Carlos, Luiza (Bruna Marquezine) e Laerte (Gabriel Braga Nunes), ainda não caiu no gosto do público. São considerados sem açúcar e sem afeto, como diz a letra de um antigo samba

Pode ser que a culpa disso seja a rejeição pela grande diferença de idade entre os personagens. Pode ser que eles não sejam aceitos pela história de amor mal resolvida de Helena (Julia Lemmertz), mãe de Luiza, com Laerte. Poder ser também pelas maldades que o músico fez no passado. Ou pode ser, então, que o grande motivo dessa rejeição esteja apenas na chatice dos personagens.

Essa não é a primeira vez que um casal protagonista de novela não é aceito pelos noveleiros e não ganha uma torcida por um final feliz. Um grande exemplo disso aconteceu em Caminho das Índias (2009), de Glória Perez, em que o casal inicial formado por Maya (Juliana Paes) e Bahuan (Márcio Garcia) não engrenou. Com isso, a indiana se casou a força com Raj (Rodrigo Lombardi), por quem acabou se apaixonando e tendo um lindo final feliz, com o apoio do público, é claro.

Outra vez que o próprio autor Manoel Carlos errou a mão foi em Viver a Vida (2010). As atenções eram para serem voltadas para o casal Helena (Taís Araújo) e Marcos (José Mayer). No entanto, quem ganhou destaque foi Luciana (Alinne Moraes) e Miguel (Mateus Solano). Helena, no entanto, terminou ao lado de um homem mais jovem, Bruno (Thiago Lacerda).

Com isso, o Virgula Famosos fez uma viagem no tempo pelo mundo das novelas e relembrou outras histórias parecidas. Veja na galeria acima esses e outros exemplos de casais da ficção que não conquistaram o público!

Sem mais artigos