Maurício Destri, o Dom Inácio na novela Cordel Encantado, revelou que já chegou a passar fome. Em entrevista ao jornal Extra, o ator afirmou que quando deixou Criciúma, em Santa Catarina, para fazer teatro em São Paulo, muitas vezes não tinha o que comer.

“Nos primeiros meses, morei com meu tio, depois tive que me jogar no mundão. Ele foi para São José dos Campos, e eu fui viver num pensionato. Para me sustentar, entreguei panfletos, fui pesquisador, garçom. Tive momentos difíceis, sem grana para comer. Quis voltar para casa, mas tinha uma esperança absurda”, revelou.

O ator de 19 anos afirmou que recebeu muita ajuda de um dos seus professores do Instituro de Arte e Ciência. “Liguei para esse professor e falei que não tinha para onde ir. Fiquei na casa dele por oito meses. E entendi que fazia parte de mim atuar, mas para isso era preciso comer, ter casa”.

A oportunidade de trabalhar em Cordel Encantado, da Rede Globo, surgiu quando Maurício trabalhava de garçom no bar spot, em São Paulo. “Fiz o teste sem ter noção do que estava fazendo. Não mudei por estar na Globo, mas agora vivo em outro mundo”, disse.



Sem mais artigos