César Cardadeiro, de 23 anos, que interpretou Pedrinho (de 2001 a 2004) na última versão do Sítio do Picapau Amarelo, da TV Globo foi preso nesta quinta-feira (05), por invasão de domicílio, desacato, lesão corporal e resistência à prisão. Ele foi encaminhado para a 5ª DP Mem de Sá, no Rio de Janeiro, e depois liberado.

Virgula Famosos conversou por telefone como o policial Francisco, que esteve na autuação do ator e ele contou que Cardadeiro foi flagrado no interior de uma residência, em Santa Teresa, tentando sair pulando o muro. Os moradores assustados chamaram a polícia.

“Ele estava sem permissão de estar no local, acabou resistindo à prisão, agrediu policiais e, na delegacia, deu um soco em um policial civil”, conta. Ele também comenta que o ator parecia  perturbado e alterado, mas não sabe precisar a razão.  

O ator acabou liberado pois assinou um termo de compromisso e terá que comparecer em um tribunal.

A assessoria da PM enviou o seguinte comunicado:

“De acordo com informações da 5ª DP (Mem de Sá), o ator tentou pular o muro de uma casa, em Santa Teresa. A PM foi acionada por quem passava no local, que avisou que o dono da residência estava na janela pedindo ajuda, dizendo que não conhecia quem estava entrando. Ao ser encaminhado à delegacia, o invasor agrediu policiais. Ele foi autuado por violação de domicílio, resistência, desobediência e lesão corporal. O caso será encaminhado ao Jecrim”.

Sem mais artigos