Jessica Chastain, 35 anos, uma das atrizes mais badaladas da nova geração, que concorre este ano ao Oscar pelo filme A Hora Mais Escura, ficou sabendo há pouco tempo de que não era filha biológica de Michael Hastey e não quis saber de fazer contato com o pai biológico Michael Monastério enquanto ele era vivo. Quando anunciado o velório de Monatério, a atriz se recusou a ir e não prestou nenhum tipo de homenagem, além de não demonstrar sentimentos. As informações são do site Radar Online desta quarta-feira (13).

Segundo o site, Monastério teria começado um caso, nos anos 80, com Jerri Chastain, mãe da atriz, que durou muito tempo, secretamente. A atriz chegou a comentar para um amigo próximo que também anda com raiva do pai adotivo “Hastey me idolatrava, mas partiu meu coração por nunca ter mencionado a existência de Monastério, qualquer que tenha sido o motivo”.

O fato fica ainda mais constrangedor porque Juliet Chastain, irmã mais nova de Jessica, seria também filha de Monastério, mas esta sim era reconciliada com o pai biológico. Ainda segundo a publicação, a mãe das meninas fugiu e mudou o sobrenome das garotas para não serem encontradas. O motivo disso tudo, pelo jeito, é que permanece um mistério.

Sem mais artigos