O personagem Robertão, de Império, não pensa duas vezes na hora de tirar a roupa na trama. Já seu intérprete, Rômulo Arantes Neto, filho do também ator, já falecido, Rômulo Arantes, tem mais cautela. Em declaração publicada no site do jornal O Globo, nesta quarta-feira (13), o ator disse que luta para não ser visto apenas como alguém bonito.

“Batalho para não virar vítima da minha estética herdada. Acho que a beleza pode, sim, ajudar em muitas coisas, mas sinto que na interpretação ela também pode ser uma grande inimiga. Tenho a sensação de que as pessoas bonitas são criticadas negativamente com mais facilidade e por isso precisam provar o dobro de suas habilidades”, afirmou o ator.

Apesar da beleza, Romulo disse que não é tão assediado quanto se imagina: “O assédio nunca foi grande comigo. Esta é a primeira grande oportunidade que tenho na TV e acredito que o assédio aumente, ainda mais por causa do apelo desse personagem, que explora bastante seus recursos físicos”.

Sem mais artigos