Chegou no mercado uma das peças mais bizarras que se pode imaginar: uma calcinha da rainha Elizabeth II, da Inglaterra. A peça íntima pertencia a um playboy que morava na Flórida, chamado Barão Joseph de Bicske Dobronvi, apelidado de Sepy.

Ele conseguiu o objeto real (verdadeiro calçolão com monograma bordado) com um amigo em um avião particular, onde foi esquecida pela monarca durante uma visita ao Chile, em 1968. Com a morte do rapaz em junho deste ano, seus herdeiros resolveram leiloar a lingerie, pela qual esperam conseguir algo em torno de R$ 15 mil, o mesmo preço pago por uma calcinha da Rainha Vitória em 2008. Credo!

As informações são do site TMZ deste domingo (05).

Sem mais artigos