Em entrevista para a revista Veja São Paulo, que chega ás bancas no sábado (22), o jornalista César Tralli revelou como conheceu a apresentadora Ticiane Pinheiro e que foi apresentado à filha dela, Rafinha Justus, como amigo.

“Trombei com ela sem querer no salão de beleza onde a Fafá (Fátima Monteiro) dá expediente. No dia em que nos vimos no salão, foi tudo muito rápido. Mas eu gostei dela logo de cara. O tempo passou, mas eu não tirei da cabeça que seria interessante nós nos conhecermos. Foi quando pedi o telefone dela. Graças a Deus e à minha cara de pau, deu no que deu”, revelou o âncora do SPTV.

Apesar de o romance estampar sites e revistas, eles querem ter uma relação discreta, segundo ele: “A gente se conheceu por acaso. E o destino nos aproximou. Quero muito que possamos viver a nossa relação. Sem mídia, sem burburinho, sem holofotes. Eu gosto de me preservar. Gosto de ter vida íntima. A gente conversa muito sobre isso desde o primeiro encontro. Percebo que ela quer o mesmo. Estamos em um momento de vida parecido. Queremos cuidar das nossas carreiras com muito amor e dedicação, mas ao mesmo tempo levar a nossa vida, sem excesso de exposição”.

Tralli já apresentou Ticiane para a família e a reação foi positiva. “Meus pais amaram a Tici. Impossível não se encantar com o jeito extrovertido, alegre e com toda simpatia dela. A mulher nasceu para a comunicação. E não veio ao mundo a passeio. Ela ficou íntima rapidinho da família Tralli”, derrete-se em elogios.

Em compensação, ele foi apresentado para a filha de Ticiane, Rafinha, apenas como um amigo da mãe. Embora eu não tenha filhos, sempre gostei muito de criança”, avisa.

Sem mais artigos