Julia Lemmertz será, ao que tudo indica, a última Helena de Manoel Carlos, Em Família, que estreará dia 3 de fevereiro. Já a sua mãe, Lilian, foi a primeira Helena de Maneco. Em entrevista concedida ao site da trama, a atriz falou sobre como é interpretar o papel que já foi de sua mãe.

“É como se fosse uma coisa que eu desejasse, mas nunca tivesse falado para mim mesma. Eu me contentaria em fazer uma novela do Manoel Carlos, não precisava ser a Helena. Veio em um momento bárbaro da minha vida, de força, amadurecimento e me sinto merecedora dessa graça (risos). Ao mesmo tempo é lindo pensar que dentro da novela tem essa homenagem à minha mãe, a todas as Helenas, mas especialmente essa conexão que existe com ela, pelo fato de ela ter sido a primeira Helena. (…) É quase como se ela estivesse comigo aqui”, disse a atriz.

“É difícil de dizer o quanto é profundo. É uma homenagem a ela e também ao trabalho de atriz dela, ao que ela fez de bonito ao longo da carreira, que foi muito curta. Minha mãe morreu muito jovem, com 48 anos”, continuou Julia.

Ainda sobre a relação com a sua mãe, a atriz falou da influência que teve para escolher a sua carreira: “Filho de ator sempre está com o pai e a mãe no teatro, ensaiando, no set de cinema. Então, você fica vendo o processo, como ela se maquila, como ela lida com os outros, como é uma estreia… Quando comecei minha carreira de atriz, tinha a sensação de que tinha feito uma faculdade. Sabia muita coisa sem saber que eu sabia, que tinha um conhecimento tão profundo. Eles inspiraram não só a mim, mas acho que um monte de gente. O que é mais forte para mim é que eu me vejo neles. Eu vejo características minhas que herdei de um, herdei de outro. É bacana isso”.

Sem mais artigos