Evandro Santo vendeu bolsas de grife durante a pandemia

O isolamento social causado pela pandemia do novo coronavírus colocou em dificuldades os profissionais de várias áreas. Com artistas, não é muito diferente. Cantores estão tendo de improvisar com lives e algus atores e humoristas já nem sabem o que inventar para ter um salário ao final do mês.

Prova disso é o humorista Evandro Santo, ex-integrante do programa Pânico. Ele revelou ao site Notícias da TV que perdeu cerca de 20 shows de stand-up já marcados por conta do período de isolamento social.

Evandro contou que está até vendendo bolsas de grife pela internet para tentar “sobreviver” ao período. “Vendi bolsas da Louis Vuitton e Chanel. Minha terapeuta me indiciou um brechó de uma amiga, fui lá e vendi”, disse.

O humorista tem anunciado seu trabalho em seu perfil no Instagram. Faz participações em eventos corporativos, festas e até casamentos com seus shows, como preferir o contratante.

Evandro não disse o quanto faturou com a venda das bolas, mas afirmou que também passou por um processo de desapego e que não vive mais na fase do deslumbre com o sucesso que alcançou.

Sem mais artigos