“Todo mundo é DJ”, já disse a jornalista e escritora Claudia Assef. Agora é a vez de ex-panicat atacar nas pick ups. Aryane Steinkopf lançou-se na carreira no final de janeiro em um festival em Brasília.

Em sua estreia, a bela tocou progressive house para um público que tinha no line up do festival Aryane como uma das principais atrações e ainda fez dancinhas para a alegria dos marmanjos presentes.

Ela, porém, disse em entrevista exclusiva para o Virgula Famosos que não é “mais uma famosa que se lança como DJ” por modismo e que já comprou tanto equipamento que já tem uma mini boate em casa.   

Leia a entrevista abaixo:

Virgula Famosos – Como decidiu seguir a carreira de DJ?

Aryane Steinkopf – Em todos os eventos, baladas que venho realizando minhas presenças VIP, as pessoas sempre comentam: “já pensou em ser DJ? Por que você não investe na carreira DJ? Eu sempre tive uma paixão por musica eletrônica, house, e de tanto ouvir estes comentários, acabei me matriculando em um curso de DJ em SP e no primeiro contato me apaixonei pelas CDJs e mixers, foi amor à primeira vista.

Teve aulas?

Sim, foram mais de seis meses de preparação e só agora me considero pronta para me lançar neste desafio. Aprendi bastante coisa, mas sei que tenho muito ainda que aprender, no dia a dia, na prática. Tive aulas na DJ Ban, uma das mais renomadas escolas de DJ de SP, com o mestre DJ Will. O amor foi tanto que acabei comprando os equipamentos e montando uma “mini boate” em meu apartamento… os vizinhos que se cuidem (risos)

Quem são os DJs que te inspiram e te inspiraram?

Curto muito o David Guetta e o Afrojack. No Brasil, gosto do DJ Marky e o DJ Tom Hopkins. No ultimo show do David Guetta em São Paulo (em  novembro de 2012), tive a honra de assistir a apresentação de cima do palco, foi sensacional, o poder que ele tem de contagiar o público  com sua vibe e seus hits é incrível! 

Qual é seu estilo musical como DJ? O que você toca?

O estilo musical que pretendo tocar é o house e suas vertentes: progressive house, tech house, deep house.

Qual o maior sonho dela como DJ?

Não sei se seria um sonho, mas em 2013 quero consolidar meu nome no cenário da música eletrônica e mostrar que não sou somente mais uma famosa que se lança como DJ. A longo prazo pretendo manter minha carreira de DJ em constante evolução. Além de tocar, quero levar muita vibe e energia positiva para as pistas de dança do Brasil e do mundo.

Veja fotos de Aryane Steinkopf na galeria acima.

Sem mais artigos