Em ensaio para a revista Bravo!, que chega às bancas nesta sexta-feira (30), o ator Antonio Fagundes se submeteu a um experiência diferente. A ideia de jogar tinta em seu rosto e lambuzá-lo de vermelho foi de relacioná-lo ao expressionismo abstrato, movimento artístico a que se ligava ao personagem do espetáculo, o pintor nascido na Letônia, Mark Rothko. Foram dez tentativas até o fotógrafo Daniel Klajmic conseguir o melhor clique.  

O espetáculo referido no texto acima é a peça Vermelho, no qual o veterano vai estrear na próxima sexta-feira (30), em São Paulo, na companhia do filho, Bruno Fagundes, que vai viver o assistente de Mark Rothko.

“Não me soa impróprio ou esquisito trabalhar em família. Pelo contrário: acho bacana que a gente reúna forças, sem nenhum tipo de competição”, declarou o jovem.

“É um risco dividir a cena com o pai famoso. Volta e meia, o aconselho: ‘Prepare-se, menino. Por melhor que você faça, provavelmente sofrerá cobranças pesadas’”, comentou o diretor da peça, Jorge Takla.

Fagundes posa para revista e filho diz: "Não me soa impróprio ou esquisito trabalhar em família"

Sem mais artigos
Sair da versão mobile