Há quem diga que os tempos dos emos nos fotologs brasileiros estão com os dias contados.

É que uma nova moda está surgindo na Europa e alguns países da América do Sul como Argentina e Chile. São as fake celebrities, meninas e meninos que imitam o estilo de vida de celebridades fashions como Paris Hilton, Nicole Richie, Kate Moss, as gêmeas Olsen

O que é preciso para ser uma fake celebrity? Usar todas as roupas de grife possíveis, e de preferência, com peças exclusivas e vintages, ser descolado e entrar em todas as baladas hypes da sua cidade e país, ouvir bandas que estão nas rodinhas das verdadeiras celebridades como Amy Winehouse e mostrar que vive a vida como eles. Desde ter alguém te fotografando nas ruas, como se fosse um paparazzi (mostrando claro, além de você, suas roupas incríveis, seu copo de Starbucks ou derivados e as ruas maravilhosas que você frequenta).

O que preocupa os pais dos jovens que aderem esta moda é: Além de copiar as roupas, os jovens também copiam piamente o estilo de vida das celebridades, se entregando a drogas como a cocaína, maconha e sempre fotografando suas badalações. Copo na mão, cigarro e muita jogação.

A média de idade fica entre 15 e 25 anos, o que preocupa ainda mais. Se os emos preocupavam por sempre aparecerem semi-nus ou apelarem para fotos depressivas e um estilo de vida menos convencional, imagine quando a nova moda pegar.

Toda essa modinha fotologuer começou há mais ou menos dois anos, com uma garota de 15 anos chamada Cory Kennedy. Com aproximadamente seis mil amigos no MySpace, site famoso lá fora por ser o Orkut de pessoas hypes, a menina teve matérias sobre ela publicadas no NY Times, revista Nylon, Paper Mag e é chamada de It Girl da década.

Cory começou a ficar famosa por ser retratada no The Cobra Snake, um site de fotos de pessoas estilosas nas baladas mais hypes dos Estados Unidos e Europa. O site virou referência fashion para os jovens antenados, e criou uma legião de seguidores do estilo de vida de seus criadores.

Assim então, surgiram baladas que seguiam este estilo, como o famoso Misshapes, a casa em Nova York que tem um site que retrara as pessoas montadas que passam por lá, além do setlist que os DJs Greg.K, Leigh Lezark e Geordon Nicol tocam na noite.

Os três já ficaram famosos e agora viajam o mundo tocando músicas na pistas onde os fashionistas do mundo fervem. Já vieram ao Brasil e ajudaram amigos como Lilly Allen virarem celebridades.

Algumas meninas da Espanha levam o estilo das fake celebrities muito a sério, e já viraram notícia nos jornais locais, como Trini, a loirinha que mistura sapatos Prada e bolsas Chanel com seus óculos inconfundíveis.

Sempre com um cigarrinho na boca em suas fotos, nunca está sem seu batom vermelho, tem como seus ídolos Kate Moss e Pete Doherty e não esconde que faz o mesmo que eles. Se joga, tem a sua vida mergulhada nas baladas e na moda.

Agora é esperar pra ver. Hoje o Brasil é o país com o maior número de Fotologs registrados, o que faz com que as apostas que a nova onda da internet e dos modernosos baixe por aqui logo logo.

Na foto, Trini faz pose com seus óculos e cigarro

Mais:

Veja fotos do fake celebrity style

Sem mais artigos