Adriane Galisteu ficou casada oito meses com o publicitário e apresentador Roberto Justus, em 1999. Sobre o casamento relâmpago, a apresentadora comentou em entrevista para Ana Maria Braga na Revista A: “Foi um casamento superprecipitado e desnecessário”.

“Não que eu tenha algum problema com ele (Roberto Justus). Foi uma pessoa que eu vi mudar; quando o conheci era só um publicitário e se transformou nessa figura de hoje, um apresentador. Mas foi um casamento superprecipitado e desnecessário. Casar muda sua vida. Eu tinha saído de uma relação muito longa, cheia de traumas e decepções”. Conta Galisteu para a apresentadora do Mais Você em entrevista realizada na casa de Adriane .

E conclui: “Eu e o Roberto tínhamos olhares diferentes sobre a vida. Foi um aprendizado, porque depois dele eu percebi que primeiro precisa namorar, fortalecer a relação pra depois tomar a atitude de chamar 500, 600 pessoas para uma festa”. A comemoração do casamento foi mega luxuosa na época.

O tempo passou e Adriane voltou a se casar, agora com o empresário Alexandre Iódice. “Chega uma idade que só namorar não é mais o bastante, você quer um pouco mais. E um pouco mais pra mim é formar uma família, mesmo que esta família seja só dos dois, sem crianças. Eu achava que não ia ter filhos, a maternidade nunca foi latente na minha vida. De repente comecei a ver minhas amigas tendo filhos, aí ao mesmo tempo em que eu queria, tinha medo, pensava se ia ser uma boa mãe como a minha, que foi uma leoa. Eu sempre falava que se eu tivesse um filho, ele teria que vir pra somar, não pra atrapalhar ou mudar a minha vida. Agora tudo mudou, é tudo em função do Vittorio. E sou tão feliz. Me descobri em uma vida muito diferente”.

Sem mais artigos