Hilaria Baldwin, esposa de Alec  Baldwin, comunicou na noite de terça-feira (11) que sofreu um aborto espontâneo aos quatro meses de gestação. Nesta quarta (12), a estrela publicou uma atualização de seu status de saúde informando que está “fisicamente bem” e que agora começa uma jornada rumo à cura.

A instrutora de ioga postou uma selfie no Instagram após a a realização de um procedimento cirúrgico para a retirada do bebê: “olhos inchados, alterada por causa da anestesia, dolorida por causa da cirurgia… Mas eu sobrevivi”. “Quero que saibam que estou fisicamente bem. Agradeço minha família, amigos, médicos, enfermeiros e todos vocês que seguraram minha mão neste período tão difícil. Não sabem o quanto isso significa para mim.”, escreveu.

Hilaria finalizou seu depoimento afirmando que segue em frente com “um passo de cada vez”. “Agora eu começo a jornada da cura”, ressaltou.

Ela já havia sido vítima de um aborto espontâneo em Abril. Em Setembro, anunciou que estava à espera de uma menina.

“Eu não estava esperando por isso quando fui fazer um scan hoje. Eu não sei o que dizer… Ainda estou em estado de choque e não processei tudo isso”, contou Hilaria ao informar os fãs sobre a triste notícia. Nesta manhã, ao acordar, disse que “hoje não foi um pesadelo, apenas uma triste realidade”.  “Eu não sabia que tantas lágrimas existiam no corpo”, completou.

Alec e Hilaria Baldwin têm  quatro filhos: Carmen, Rafael, Leonardo e Romeo. O ator também é pai de Ireland, fruto de seu ex-relacionamento com Kim Basinger

Gata salva bebê

Heroína do dia Criança estava engatinhando a caminho desta escada Créditos: Reprodução/Facebook

Hilaria Baldwin se pronuncia após 2º aborto: 'começo jornada da cura'

Sem mais artigos