Em pleno século 21, a mudança de papeis no trampo está cada vez maior. Muito comum a gente ler que as mulheres estão ocupando cargos, que antes eram somente de homens, mas o que se tem observado, é que homens também toparam trocar de papéis e fazendo coisas que antes era só para mulheres.  Sim, tem muito hetero que costura, cozinha, faz tricô, se tornou secretário, e faz até unhas em salão de beleza.

Lampião, cabra macho, costurava e bordava!

lampião costurando

Pra começo de conversa, vamos aos fatos. Lampião, um dos maiores cangaceiros da nossa história, tocou terror entre 1916 e 1938, com seu bando de 200 homens. O que você não deve saber, e está descrito no livro “Estrelas de Couro – A Estética do Cangaço”, do historiador Frederico Pernambucano de Mello, mostra que ele curtia bordar e costurar. No livro, Mello conta que antes de pegar nas armas, Lampião era alfaiate de couro, e queria se diferenciar dos outros cangaceiros, com roupas muito bordadas, que ele mesmo criava.

Sabemos que na moda atual, muitos estilistas são gays, mas isso não impede que heteros como Oskar Metsavaht (Osklen), Waldemar Iodice (Iodice), Rony Meisler (Reserva), o italiano Roberto Cavalli, ou o americano Ralph Lauren, tenham construído seus impérios.

Tem homem fazendo tricô

Raquel Guimarães ensina presidiário a tricotar

Raquel Guimarães ensina presidiário a tricotar

Ano passado, o ator Ryan Gosling revelou para a revista GQ da Austrália, na edição de março 2013, que ele aprendeu a tricotar enquanto filmava “A Garota Ideal” (2007), e que isso o ajudava a relaxar. “Se eu tivesse que desenhar um dia perfeito, o começo seria tricotando. No final dele, ainda teria um presente ou um estranho cachecol para usar”, revelou o ator na entrevista. De fato, muitos homens têm aderido a esta onda, e nos Estados Unidos e Europa tem sido criados vários clubes de tricô pra marmanjos. Coisa de estrangeiro, você diria! Saiba, que existe um grupo de presidiários em Minas Gerais que faz isso muito bem?

“Quando abri a empresa éramos só eu e minha mãe contando com a ajuda de umas vizinhas que pegavam uma ou outra encomenda, enquanto tomavam conta dos netos. Seria impossível prosperar naquele ritmo. Foi assim que fui parar num presídio de segurança máxima com minhas agulhas e tesouras. Treinei 40 homens. Eles foram tomando gosto pelo tricô, até mesmo por moda de uma maneira geral. Meus meninos, que quando eu cheguei lá mal sabiam diferenciar blusa de camisa, hoje sabem até quem é John Galliano. Eles amam, vibram, se amarram em moda!”, escreve Raquel Guimarães, no site da sua marca.

Tem homem que virou secretário

Homens secretários são 10% dentro da profissão

Homens secretários são 10% dentro da profissão

“Há quinze anos não havia registro de homens nessa categoria. Hoje eles são 10% do total de profissionais”, revela Isabel Cristina Baptista, presidente do SINSESP. O sindicato teve até que acrescentar o artigo masculino na sua sigla, por causa deste fato, e virou Sindicato das (os) Secretárias (os) do Estado de São Paulo.

Ela acrescenta, em entrevista por e-mail: “A carreira do Secretariado mudou de perfil na década de 1990. O mercado exigiu ampliação de tarefas, atuação estratégica e nova doutrina na pesquisa científica, valorizando que os profissionais do Secretariado busquem os mestrados e doutorados e garantindo empregabilidade também na área acadêmica. Fato importante: que os homens se interessaram pela profissão, trazendo um forte componente de “miscigenação” no gênero e assim mais profissionalização, deixando para trás a ideia de uma profissão exclusivamente feminina”, citando o trecho do livro “Excelência no Secretariado”, escrito por Fernando Aguiar Camargo que fala sobre os homens no Secretariado.

Lugar de homem é na cozinha

Rodrigo Hilbert, depois de ser modelo e ator, faz sucesso como apresentador de programa culinário

Rodrigo Hilbert, depois de ser modelo e ator, faz sucesso como apresentador de programa culinário

O dito machista que lugar de mulher é na cozinha já foi por água abaixo há muito tempo, e mesmo com o aumento do número de grandes chefs mulheres, ainda assim são os homens que dominam os guias estrelados dos restaurantes ao redor do mundo. Se pegarmos, por exemplo, a lista anual promovida pela revista britânica Restaurant, nos 10 primeiros postos são todos  homens, sendo que a única mulher que aparece é Elena Arzak, filha do Juan Maria Arzak, que divide com ele a oitava posição. Ou seja, tem muito homem ganhando rios de dinheiro esquentando a barriga no fogão.

Macho no salão de beleza

Escola para não estimular preconceito chama manicuro de técnico de unhas

Escola para não estimular preconceito chama manicuro de técnico de unhas

Aqui mesmo no Virgula, o assunto já foi tratado na matéria Homens invadem os salões de beleza e se destacam em profissões consideradas femininas, com a descoberta até de homem que faz unhas das clientes: “Perguntei para a minha filha se era difícil fazer unha. Ela me disse que não, só precisava ter uma certa paciência. Depois disso, vi algumas reportagens com histórias de homens que largaram suas profissões para se tornarem manicuros e isso me incentivou a ir atrás de um curso profissionalizante”, contou Marcos de Oliveira na reportagem.

Sem mais artigos