A revista Bravo! deste mês traz uma matéria especial com o ator Selton Mello.

“Já fui dirigido por gente atenciosa, meticulosa, sem paciência ou que me destratou. Sei como rendo melhor. Conheço as minhas limitações e também as de outros atores. Sei quem é absolutamente intuitivo, quem precisa de conversa, quem não gosta de ensaio. Existem vários tipos de atores e eu conheço esses tipos”, explicou.

No documentário Palhaço, o novo filme de Selton, que já levou mais de 1,4 milhão de pessoas, o cineasta expõe o quanto se sente responsável pela atmosfera do set.

“Dizem que o humor do palhaço dita o humor do circo. Eu acho que, da mesma forma, o humor do diretor dita o humor do filme”, analisou.

"Já fui dirigido por gente atenciosa, meticulosa, sem paciência ou que me destratou", conta Selton Mello

Sem mais artigos