Mesmo depois de todo sucesso que fez com Adauto em Avenida Brasil, Juliano Cazarré ainda não se acostumou com a fama. Atualmente, ele voltou a ser o centro das atenções com Ninho de Amor à Vida e, em entrevista para o jornal Diário de São Paulo, desta sexta-feira (24), o ator afirmou não gostar muito de certas situações.

“Se
ninguém falasse comigo, eu acharia bom, ficaria feliz. Minha profissão é
ser ator, não ser celebridade, ir à festa e tirar foto”, disse Cazarré.

Ele
ainda comentou: “Quando o público aborda nas ruas é bacana, mas chega
um momento que é duro. Às vezes, abro o meu e-mail e está cheio de
pedido de entrevistas lá. Isso toma o meu dia”.

Sobre o seu
personagem, que gosta de viver livremente, ele se comparou: “Eu também
amo a natureza e defendo a liberdade individual de todos. Cada um tem o
direito de fazer o que quiser consigo mesmo, desde que isso não
interfira na vida de ninguém”.

Juliano Cazarré se incomoda com a fama: 'Minha profissão é ser ator, não ser celebridade'

Sem mais artigos