Depois de seis filhos e um relacionamento amoroso estável com Brad Pitt, Angelina Jolie relembra de seus dias como figura rebelde e selvagem de Hollywood. As informações são do site da revista People, nesta terça-feira (20).

“Eu passei por uma fase pesada, sombria, mas sobrevivi”, disse a atriz para o programa 60 Minutes.

“Eu não morrei jovem, porque tive muita sorte. Há outros artistas e pessoas que não sobreviveram a certas coisas” Perguntada sobre o que seriam essas “certas coisas”, Jolie se  recusou a entrar em detalhes.

“Acho que as pessoas podem imaginar que eu fiz de perigoso e eu fiz o pior. Por muitas razões que eu não deveria estar aqui”, diz a vencedora do Oscar de 36 anos.

Mesmo assim, apesar de se tornar mãe e embaixadora da Boa Vontade da ONU, não significa que ela perdeu esse lado selvagem de sua personalidade.

“Eu ainda sou uma menina má. Eu ainda tenho esse lado em mim”, diz ela. “Está guardado em seu lugar agora… E pertence a Brad”.

Sem mais artigos