Pelos menos um dos mistérios da ilha de Lost foi resolvido. A ABC divulgou a data  para o fim da série de grande sucesso de público e crítica. Tudo estava nas mãos dos produtores Damon Lindelof e Carlton Cuse que vinham falando em marcar o fim do seriado, mas acabaram assinando um contrato para permanecer enquanto ela durar, o que deve acontecer até na temporada 2009/2010.

Um bom estímulo para continuar a aventura na ilha foram os salários oferecidos a Lindelof e Cuse, algumas dezenas de milhões de dólares.O contrato também prevê a participação dos produtores em outras criações depois do término. 

 A série terá mais 48 episódios ao longo de três temporadas. Lindelof afirmou que, juntamente com Cuse, criou caminhos específicos para o fim das duas próximas teporadas e prometeu que com a resposta dada no episódio final dessa temporada em 23 de maio, os espectadores terão idéia de como será o defecho da trama. "Não será nada daquilo que eles esperam", garantiu o produtor.Os produtores afirmaram ainda que pretendem vislumbrar o grande final da atração por voltado capítulo 100, sendo que o total de capítulos chegará a 120.

Ao que parece,as expectativas da ABC é que Lost recupere o brilho perdido com a estréia de Heroes, transmitida pela rede NBC nos EUA.E que, somado a outra série campeã: Desperate Housewives, conquiste mais audiência e mais prêmios para a parede da emissora. Lost já levou na categoria de melhor dramática  o Emmy em 2005 e o Globo de Ouro em 2006

Lindelof justificou o encurtamento das temporadas: "As tramas vão ficar mais amarradas. A gente não terá que fazer episódios em que os personagens ficam parados na praia olhando para a água e imaginando o que irá acontecer depois". Então é só esperar que o grande mistério que envolve a ilha não acabe desvendando um final cheio de situações atropeladas que leve a um 'happy end' frustrante.

Mais:

Saiba o motivo de Gilmore Girls ter acabado!

Sem mais artigos