Maria Casadevall estreou em novelas com o pé direito, ao viver a Patrícia de Amor à Vida. Neste mês de novembro, ela é capa da revista Marie Claire e comentou os rumores de que estaria tendo um affair com seu companheiro de cenas Caio Castro, que vive o médico Michel.

“Esses boatos têm a ver com o universo que a gente criou. Os personagens despertam curiosidade. As pessoas querem que eu e o Caio fiquemos juntos, assim como Patrícia e Michel”, disse a atriz.

Na trama de Walcyr Carrasco, ela já apareceu diversas vezes apenas de lingerie e garante não ter problema com isso: “Sexualidade e sensualidade não vêm necessariamente da nudez. Acho bonito o que é natural, espontâneo. O esquisito, por exemplo, é mais atraente do que o perfeito ‘fake’”.

Ela ainda completou: “A liberdade com meu corpo tem a ver com o jeito como vejo a vida. Gosto de abraçar, de pegar. Enxergo o corpo de maneira natural. Mas sei que, em geral, o que predomina entre as pessoas é certo pudor. Não entendo, mas respeito”.

Fora de cena, a atriz também comentou da relação que tem com sua mãe, quem considera ser seu porto seguro: “Dona Tereza é a força da minha vida. É uma guerreira, venceu um câncer no sistema linfático aos 20 anos. Ela estava totalmente desacreditada. Meu avô foi atrás do (médico) Dráuzio Varella, que salvou a vida dela”.

Tudo isso fez com quem ela tirasse uma lição de vida: “Cresci ouvindo que a vida pode acabar a qualquer momento, que a gente tem de viver o que acredita com amor”.

Sem mais artigos