Maria Rita conversou com o apresentador Amaury Jr. sobre assuntos íntimos de sua família, em entrevista que vai ao ar na noite desta quarta-feira (28), na Rede TV!. Apesar de considerar já ter passado dessa fase, ela contou sobre sua irritação em ser comparada à mãe, a cantora Elis Regina, que morreu que 1982.

“Uma situação marcante que mudou a minha vida aconteceu anos atrás em um sarau com a família. Eu cantei e, quando acabei, todo mundo estava chorando. Aquilo me irritou, fique brava e disse: ‘Ela não vai voltar mais’. Mas ouvi de um amigo: ‘Eu não acho que você lembre a Elis, mas pensei que nunca mais fosse me emocionar e me emocionou…’.  Aí, eu entendi”, revelou Maria Rita.

Além disso, ela comentou a dificuldade que sentiu para conciliar seu trabalho e a maternidade. “Procurei terapia, não pelo filho, mas pelo trabalho, para saber lidar com a culpa de deixar um bebê pequeno em casa. Eu não tive mãe, fui criada pelo meu pai e pela esposa dele. Então, a maternidade me assustou. Tinha quatro anos quando minha mãe morreu: ‘Como ser uma coisa que eu não tive?’. Mãe é um elemento importante, eu precisava me entender dentro desse contexto… Eu entendi que a melhor ferramenta é o instinto maternal”.

A cantora é mãe de Antonio, de nove anos, e de Alice, de um.

Veja na galeria acima algumas mães famosas que se afastaram do trabalho para cuidarem dos filhos!

Sem mais artigos