O ator e cineasta Mel Gibson ofereceu nesta quinta-feira (21) no Panamá ajuda para que crianças panamenhas com problemas cardíacos congênitos possam ser operadas em hospitais dos Estados Unidos, informou a Presidência do país centro-americano.

O protagonista e diretor de Coração Valente (1995), que ganhou cinco Oscar, entre eles de melhor ator e de melhor direção, foi recebido nesta quinta-feira pelo presidente do Panamá, Ricardo Martinelli, e a primeira-dama Marta Linares, na sede do Governo.

Gibson, de 55 anos, informou Martinelli que sua equipe de trabalho vai se reunir a partir desta sexta-feira com funcionários do Governo panamenho para coordenar um plano que permita transferir os menores ao país americano, informou nota oficial da Presidência panamenha.

O ator, diretor e produtor de Hollywood “está muito entusiasmado com este projeto de apoiar a Panamá com este tipo de cirurgias, que muitas vezes não podem ser custeadas pelas famílias das crianças afetadas”, acrescentou o breve comunicado.

Gibson, principal benfeitor da fundação Mending Kids International, com presença em 32 países do mundo, coordenará a ajuda com o escritório da primeira-dama panamenha, de acordo com a informação oficial.

De acordo com fontes oficiais panamenhas, no mundo uma de cada 100 crianças nasce com um defeito cardíaco congênito, mas os países em desenvolvido registraram incidência mais alta por não terem acesso ao atendimento médico.

No encontro realizado na sede do Governo panamenho participaram também o ministro da Saúde, Franklin Vergara; o diretor da Caixa de Seguro Social, Guillermo Saez-Llorens, e a secretária de Assuntos Sociais da Presidência, Dayra Fábrega.

O ator visitou em junho um hospital da capital guatemalteca e fez doações por meio da Mending Kid Internacional para a unidade de espinha bífida.

Gibson também se mostrou interessado em patrocinar um programa de assistência a crianças pobres da América Central que necessitam de assistência à saúde.

Mel Gibson ajuda crianças cardíacas do Panamá a serem operadas nos EUA

Sem mais artigos