Cleo Pires, de 30 anos, namora o ator Rômulo Neto, de 26 anos, desde março de 2013. Em entrevista publicada no jornal Extra, nesta segunda-feira (12), a atriz disse que ainda não se sente pronta para o casamento. “No fundo, eu desejo muito que isso aconteça para mim, mas realmente não tenho maturidade nem responsabilidade para isso agora. Estou trabalhando para ser um ser humano cada vez melhor, quem sabe eu chego lá?”, disse ela.

“Morro de medo da mesmice, do apego, do hábito e da necessidade do outro. Isso tudo acaba entrando no meio quando se convive com alguém nesse nível de estar casada. Fica mais difícil ainda preservar o amor essencial, a vontade de crescer, o não julgar o outro, não controlar. Eu tenho um ideal de relação a dois, apaixonada, parceira, diferente de tudo o que eu conheço, uma onda só minha e do meu respectivo, digamos assim”, continuou Cleo.

A atriz interpreta, no cinema, interpretando Ana Terra em O Tempo e o Vento, filme de Jayme Monjardim. Mesmo papel que sua mãe, Gloria Pires viveu na minissérie global, em 1985. Cleo, no entanto, disse que relutou em aceitar o papel.

“Eu tinha uma certa trava. Era muito nova quando li O tempo e o vento e me disseram que minha mãe tinha feito. Fui assistir e fiquei muito mal! Sempre fui muito protetora da minha mãe, com unhas e dentes, e ver ela ali sendo estuprada, sofrendo aquilo tudo, foi muito duro pra mim. Racionalmente eu fazia a separação entre ela e o personagem, mas emocionalmente isso ficou gravado e meio mal resolvido. Então, tinha uma certa raiva do personagem, uma mágoa, sei lá. Coisa de filha, acho. Mas o Jayme (Monjardim) insistiu muito, e de uma forma muito carinhosa como ele sempre é (…) Foi maravilhoso porque a Ana Terra me trouxe momentos profundos, intensos, transformadores e iluminados”, disse Cleo Pires.

Sem mais artigos