Uma das cinco participantes do programa Mulheres Ricas na Band, Val Marchiori, sem dúvida, é a estrela da atração. Sem papas na língua, ela concedeu entrevista ao Jornal da Tarde deste domingo (29) e falou se temia pela sua segurança e dos dois filhos dela.

“Eu mesma ninguém vai sequestrar. Vou deixar os ladrões loucos com tanto ‘hello’”, brincou ela, que revelou de onde surgiu sua marca registrada. “O ‘hello’, como sou muito chique, foi em Paris (risos). Estava com a Estelinha (Sartori) numa loja da Chanel, lotada de japonesas, levando tudo. Aí, como ninguém nos atendia, falei: ‘Hello, a gente quer comprar!’. Daí, pegou. A gente ia para o restaurante e demoravam em nos atender. ‘Hello!’”, explicou.

Para o jornal, Val confirmou que já foi sim convidada para atuar na política. “Tem um partido de um amigo meu que me ligou perguntando se eu não queria ser candidata a deputada. Hello, que deputada? Quero ser senadora (risos). Não tenho esse foco, mas quem sabe?”, disse.

Questionada sobre qual foi sua maior extravagância, Marchiori respondeu: “Ah, eu tava no Gero (restaurante), no Iguatemi, com umas amigas, e começamos a tomar champanhe. Daí, nos empolgamos. Passamos na Avenida Europa e tinha uma Cayenne branca. Comecei: ‘Gente, preciso trocar meu carro’. Acredita que comprei? Dei a minha Cayenne lá e mais uns R$ 200 mil. No outro dia, desço na garagem e penso: ‘Nossa, fiz isso?’”, contou.

"Ninguém vai me sequestrar. Vou deixar os ladrões loucos com tanto 'hello'", diz Val Marchiori

Sem mais artigos