Em entrevista ao canal de televisão francês TF1, nesta segunda-feira (05), a ex-modelo Carla Bruni afirmou que vai manter o filho longe dos holofotes. Esta foi a primeira vez que a primeira-dama francesa, que está prestes a dar à luz, falou sobre sua gestação.

“Eu nunca vou deixar fotografarem este bebê e nem pretendo deixá-lo exposto”, garantiu ela, ao admitir que se arrependeu de ter permitido que seu primeiro filho, Aurélien, fruto do seu relacionamento com Raphäel Enthoven, fosse clicado em 2008.     

“Meu filho mais velho foi exposto uma vez e não em uma situação pública, mas em uma situação privada, o que foi um grande erro. Eu deveria ter previsto que haveria fotógrafos lá, eu fui descuidada”, confessou.

A mulher de Nicolas Sarkozy também contou porque não fez um comunicado oficial de sua gravidez. “Você não tem um filho para expor a criança à mídia e minha posição de mulher de chefe de Estado me fez ainda mais defensiva. Eu entendo o interesse da mídia e não vejo nenhum inconveniente no que diz respeito a mim e ao meu marido, mas quando se trata de crianças não há como aceitar”, explicou.

Questionada se o sexo da criança era masculino, Carla respondeu: “Nem eu mesma sei ainda. Não vou querer saber o sexo, quero ter uma surpresa”, revelou.

"Nunca vou deixar fotografarem este bebê", diz Carla Bruni

Sem mais artigos