Luana Piovani resolveu falar sobre os últimos escândalos de sua vida pessoal e profissional. Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, a atriz disse que está sendo perseguida e negou todos os barracos protagonizados nas últimas semanas por ela e seu novo affair, o empresário Felipe Simão.

"Tão a fim de me sacanear. Mas, quanto pedras me jogam, mais vou construindo meu castelo", disse ela.
 
Só para relembrar, nos últimos tempos, ela foi acusada de agredir uma produtora da Globo por não ter comida light em seu camarim, brigou com um garçom por causa de R$ 10 e discutiu com Faustão. Já Simão teria batido em um modelo em uma festa por ciúmes.
Luana disse ainda que está mandando cartas a veículos de imprensa que noticiaram o rolo com a produtora Bárbara Monteiro nos bastidores da Globo. Se o comunicado não for publicado, a atriz garante: pode rolar processo.

"A gente está pedindo direito de resposta para dizer que não aconteceu. E, se não derem, daí sim faremos uma notificação judicial", disse ela. Nervosinha, hein?

Sem mais artigos