As buscas pela atriz Naya Rivera continuaram nesta sexta-feira (10), mas sem sucesso até o fechamento desta nota. A polícia do condado de Ventura, na Califórnia, fez uma nova coletiva de imprensa dando mais detalhes do caso.

O xerife do condado, Eric Buschow, relatou que a equipe está utilizando um “sofisticado” sonar para fazer a varredura no fundo do lago. O equipamento chegou a detectar algumas silhuetas semelhantes a um corpo, mas os resultados não foram promissores.

Apesar das dificuldades, afirmou que as autoridades continuarão as buscas a fim de dar um “encerramento” à família.

O policial reforçou: “as condições não são favoráveis. Novamente: a visibilidade na água é de 2 a 3 metros”.  Segundo Buschow, “esta é uma situação que é complicada, porque não sabemos se ela será encontrada daqui cinco minutos ou cinco dias”.

Enquanto as buscas estiverem em andamento, o Lago Piru permanecerá fechado para o público. Diante do caso, internautas criaram uma petição online para que as autoridades colocassem sinalizações alertando os banhistas sobre o perigo de afogamento. O abaixo-assinado já ultrapassou a marca de 23 mil assinaturas.

A família de Naya, que ficou conhecida por seu papel como Santana na série “Glee”, está sendo acompanhada por um representante da polícia desde o início das investigações. Buschow afirmou que eles não enviaram nenhum comunicado à imprensa.

Atualmente, os alvos das buscas são os lados norte e leste do lago com base na localização do barco.  O xerife acredita que o corpo será encontrado onde a atriz se afogou. “A parte difícil é localizar esse ponto”, explicou.

Naya desapareceu na última quarta-feira (8) ao realizar um passeio de barco com o filho Josey, de quatro anos. A criança foi encontrada sozinha na embarcação horas depois e contou à polícia que ele nadou com a mãe, mas ela não chegou a retornar.

Sem mais artigos