Após pedir demissão da rede Record de TV, Gugu Liberato agora garante que não precisará pagar nem um centavo por sua saída da emissora. Na tarde dessa sexta-feira (7), os advogados do apresentador fecharam um acordo com a empresa de telecomunicações no qual, de acordo com comunicado oficial, Gugu está “sem qualquer impedimento para novas parcerias futuras ao longo do tempo”. Além disso, definiram uma cláusula para evitar a multa recisória estimada em R$ 100 milhões.

Gugu despede-se da Record no domingo (09), em seu último programa, que vai ao ar a partir das 15h30. Em junho de 2009, o apresentador assinou um contrato de oito anos com a emissora, mas nessa quinta-feira (6), quatro anos antes do vencimento, pediu para sair.

Em comunicado enviado à imprensa, a Record oficializou a saída do ex-apresentado do SBT:

“A Record e o apresentador Gugu Liberato, depois de um ciclo de quatro anos de contrato, decidiram rescindir o acordo que estava em vigor. A emissora e o apresentador consideram que o período de convivência profissional foi proveitoso para ambas as partes e atingiu seus objetivos.

A Record teve em seu elenco um dos maiores apresentadores da televisão brasileira e ofereceu todas as condições para que Gugu e sua equipe desempenhassem o seu trabalho.

Este contrato entre Gugu e Record chega ao final de forma acordada e sem qualquer impedimento para novas parcerias futuras ao longo do tempo.

Devido às mudanças de condições de mercado e a abertura de novas oportunidades, Gugu acredita ser o momento de investir em produção independente inclusive através de sua produtora GGP.

A Record deseja que Gugu Liberato siga em sua trajetória profissional e pessoal com muito sucesso.”

Gugu ainda não divulgou seus projetos para para futuro.

Record oficializa acordo com Gugu para evitar multa de R$ 100 milhões

Sem mais artigos