O convidado na manhã desta quinta-feira (08) do programa de Ana Maria Braga, Mais Você, da TV Globo, foi o ator Ricardo Pereira. No bate-papo, ele falou sobre sua carreira, família, nascimento do filho Vicente que chegou ao mundo há 17 dias e também sobre seu ano de 2011.

“Ser pai é, sem dúvida, o expoente máximo deste ano. Foi um ano incrível. Mudar para o Brasil e tomar esta decisão de estar aqui permanentemente foi maravilhoso. É um ano que eu quero comemorar com a família”, disse o ator para a apresentadora.

O galã português comentou sobre sua carreira: “É engraçado, porque, muitas vezes, as pessoas acham que eu comecei a minha carreira aqui. Esta é a minha 18ª novela. Eu tinha toda uma história de trabalho em Portugal, a Globo me descobriu lá e me trouxe, me deu o prazer de trabalhar aqui”.

Após vários trabalhos no Brasil, o sotaque do ator começa a se perder e ele explicou o motivo: “Eu procuro mudar o sotaque, porque acho que é importante para mim, pelo fato de eu trabalhar aqui no Brasil, ter a possibilidade de conseguir mostrar que eu posso fazer também um personagem brasileiro. Por isso, eu estudei, e continuo a estudar”.

Seu personagem na novela Aquele Beijo, Vicente, vive um triângulo amoroso com Lucena (Grazi Massafera) e Claudia (Giovanna Antonelli). Ricardo analisou a situação do rapaz: “Você pode namorar uma pessoa e, de repente, aparecer alguém que te tira do sério. A gente tem conseguido mostrar que uma é diferente da outra. O Vicente gosta de vê-la, da tranquilidade dela, da alegria dela”.

Casado com Francisca Pinto na vida real, o ator conta que a esposa é uma telespectadora assídua da trama de Miguel Falabella: “A minha mulher me dá muito apoio nisso, mas ela está torcendo muito pela história do Vicente com a Claudia. Acho que a leveza desta história e o fato dela saber que a Lucena tem um lado maquiavélico fazem o telespectador torcer pela Claudia”.

Ricardo Pereira: "Você pode namorar e, de repente, aparecer alguém que te tira do sério"

Sem mais artigos