Nesta segunda-feira (8), rolou a tão esperada entrevista com o diretor do filme Tropa de Elite, José Padilha.

O diretor foi o convidado do programa Roda Viva e claro que os entrevistadores perguntaram se a pirataria ajudou na publicidade do longa. A princípio, o cara até negou, mas acabou assumindo: "Não dá para negar: ela popularizou o filme".

Padilha ainda cogitou a possibilidade de que o projeto virasse série. "As televisões querem", contou. Também, a história promete ser uma mina de ouro, né?

O diretor negou que o personagem de Wagner Moura tenha sido concebido como o herói do enredo. "O Estado converte miséria em violência. Mas isso não é tudo. Existe uma outra máquina convertendo miséria em violência. E essa máquina é a polícia", explicou.

Bom, depois de Olavo, é natural que o ator fique com fama de vilão mesmo.

 
 
Leia também:
 
 
 
 
 
 
Sem mais artigos