A Jovem Guarda já está na terceira idade. Símbolo da rebeldia da juventude de classe média brasileira, lançadora de gírias como “broto”, e responsável pela introdução da guitarra na música cantada no país, o movimento já tem quase 50 anos. Os fãs de Jovem Guarda têm motivos de sobra para comemorar, já que dois grandes nomes do movimento, Erasmo Carlos e Wanderléa, estão fazendo aniversário, completando 73 e 68 anos respectivamente, nesta quinta-feira (05).

Ao lado de Roberto Carlos, o trio fez sucesso na década de 1960 à frente do programa da TV Record que deu nome ao movimento e ditou o comportamento de muitos jovens na época.

Influenciados por Beatles, Rolling Stones, entre outras bandas de rock, os músicos da Jovem Guarda, acompanhados de suas guitarras elétricas, deram uma grande contribuição para que a sociedade brasileira aceitasse esse gênero musical, até então, nada bem visto.

Após quase 50 anos do fim da atração televisiva, alguns músicos continuam subindo aos palcos, fazendo sucesso com seu público fiel e ganhando novos fãs. Já outros acabaram se afastando da carreira artística.

Por isso, o Virgula Famosos preparou uma galeria especial com o antes e depois de alguns desses artistas. Veja acima!

Sem mais artigos