A vingança é um prato que se come frio, crava o ditado
popular sobre uma realidade que a ficção adora retratar. E dá audiência…
Vejam os exemplos do sucesso tanto nos Estados Unidos como no Brasil da série
americana Revenge que retrata a saga de Emily Thorne (Emily VanCamp) para vingar
a morte de seu pai ou de Amor à Vida, agora que Aline (Vanessa Giácomo) já
revelou ao público que pretende fazer com que César (Antonio Fagundes) – que ela
é amante – pague por tudo o que ela e sua família sofreram no passado.

No mesmo canal, na novela Flor do Caribe, Cassiano
(Henri Castelli) é traído por seu então melhor amigo Alberto (Igor Rickl),
passa preso por anos e volta para se vingar do ex-amigo.

Para completar, as três novelas mais importantes da TV Globo no ar tem a vingança como um de seus temas. Tina (Ingrid Guimarães) também arma vingança para Bárbara Ellen (Giulia Gam), em Sangue Bom.

A TV tem criado muitas histórias sobre o tema, mas foi a  literatura conseguiu criar as pilastras para
as personagens vingativas que depois foram recriadas na telinha. Desde as mais
óbvias como O Conde de Monte Cristo (1844), do escritor francês Alexandre Dumas
e A Visita da Velha Senhora (1956) do suíço Friedrich Dürrenmatt que trabalham a
vingança como algo estritamente moral a outras menos claras como a inspiradora As
Relações Perigosas
(1782), de Chordelos de Laclos que trabalha o tema no campo
da amoralidade.

Também conhecida como Ligações Perigosas – devido à tradução
que teve o famoso filme americano de 1988 dirigido por Stephen Frears com Glenn
Close
e John Malkovich no elenco -, não podemos esquecer que toda a trama
acontece porque a Marquesa de Merteuil quer se vingar de seu ex-marido que se
separou dela para se casar com uma mulher mais nova e virgem.

A vingança, dentro da tradição cristã, está dentro de um dos
sete pecados capitais, a ira. A vontade de vingança é a ação gerada pela ira. No dicionário o termo significa: 1. Ato ou efeito
de vingar, de infligir um mal a quem praticou outro. 2. Castigo, punição.

De qualquer forma, ela continua um ingrediente ótimo para a
ficção e agora também para a realidade, é só olhar nas ruas e ver a quantidade
de máscaras do filme V de Vingança (2005) estão cobrindo o rosto de diversos
manifestantes pro todo o Brasil.

Veja acima algumas ficções na TV que tiveram a vingança como um de seus
temas. 

Sem mais artigos