Quem mora em grandes metrópoles, conhece bem os “sons” da cidade. Pensando nisso, Rudolf Stefanich criou “Sono”, um aparelho capaz de isolar ruídos indesejáveis.

O gadget precisa ser fixado em qualquer janela de vidro, já que som é nada mais, nada menos que ondas que se propagam pelo ar.

Além de reduzir “barulhos” de até 12 decibéis, o que ajudaria a anular sons moderados, o aparelho também permite que o usuário selecione melodias diversas, como pássaros cantando, chuva caindo e outros sons da natureza.

Parece revolucionário, mas infelizmente o Sono é apenas um protótipo que para sair do papel precisa ser financiado, testado para só depois, trazer tranquilidade para nossas casas.

Veja como o “Sono” funcionaria no vídeo abaixo.

                                                            

 

Sem mais artigos