A divulgação de fotos íntimas na rede (o chamado revenge porn), infelizmente, ainda é uma das piores consequências trazidas para as garotas pela tecnologia aliada a parceiros sexuais machistas e desrespeitosos. Apesar disso, surgem a cada dia mais iniciativas que buscam combater tais atitudes e a criação do aplicativo For You é uma delas.

Idealizado por cinco jovens de Santos, que possuem entre 16 e 18 anos, o app é um espaço onde as jovens podem entrar em contato com outras vítimas do revenge porn, buscar informações sobre qual é a melhor maneira de agir numa situação dessas, e discutir esse tema.

Outro objetivo do projeto é incentivar a criação de grupos de discussão que ultrapassem os limites do virtual e se tornem presenciais.

Agindo como uma forma de empoderar as mulheres da mesma forma em que elas foram humilhadas, através da tecnologia, o app permite que a garota tenha a opção de contar anonimamente ou não a sua história.

As criadoras do For You nunca sofreram revenge porn, mas a ideia do app surgiu por meio da observação de um crescimento do número de casos.

Em 2013 o assunto ganhou a mídia com os casos da jovem de 14 anos, Júlia Rebeca, do Piauí, que se suicidou após sofrer de tal abuso e de Thamiris Sato, aluna do curso de Letras da USP, que após o namorado expor sua intimidade na internet, denunciou no seu perfil do Facebook.

O aplicativo já tem o protótipo pronto e está participando do concurso Technovation Challenge para conseguir financiamento.

Veja no vídeo abaixo as criadoras do app explicando como ele funciona!

 

Aplicativo ajuda meninas que tiveram fotos íntimas divulgadas na internet

Sem mais artigos