CCXP Awards mostra finalistas da maior premiação nacional da cultura pop

Com quase 200 mil votos populares no site da CCXP Awards e a seleção do Júri Técnico, a organização da CCXP anuncia a lista de finalistas para a maior premiação da cultura pop nacional. A primeira edição do evento acontece no dia 15 de julho, na Sala São Paulo e promete agitar a indústria cultural brasileira. Ao todo serão distribuídos 32 troféus para as melhores obras, artistas e criadores de conteúdo em seis vertentes da cultura pop: Filmes, Séries, Literatura, Games & eSports, Quadrinhos e Creators.

> Siga o novo Instagram do Virgula! Clique e fique por dentro do melhor do Entretê!

A lista foi anunciada durante uma live nesta quinta-feira (30) com a presença dos Presidentes do Júri e muitos spoilers sobre a premiação, entre elas, o Troféu da CCXP Awards. O nome dos 150 finalistas estão disponíveis no site oficial.

Para eternizar, a CCXP Awards apresenta “Glória”, o troféu inspirado em um dos símbolos da cultura pop, os dragões. A escolha foi feita devido a presença dessa figura mitológica em todas as categorias presentes na CCXP Awards (Games, Filmes, Quadrinhos, Séries e Literatura). ‘Glória’ vem trazer valores como a força transformadora, poder, liberdade, provação e barreiras a serem transpostas para alcançar o sucesso. Com esse storytelling, a CCXP acredita que possui um ícone que vai além de um troféu na estante, mas sim uma memorabilia que já nasce sendo um dos prêmios mais cobiçados do país.

A partir desta sexta-feira (1º de julho) às 09h, até o dia 06 de julho, o público terá a oportunidade de votar para eleger os vencedores de cada subcategoria pelo site (Link). Assim como na etapa anterior, a votação será composta do júri técnico e por votação aberta para o público que, mais uma vez, conta como o voto de um jurado.

Para Roberto Fabri, curador das marcas CCXP, a lista dos finalistas da premiação mostra a pluralidade e a qualidade do trabalho desenvolvido no Brasil. “Temos obras e celebridades finalistas de diferentes áreas da cultura pop nacional com oportunidade de subir no solo sagrado da Sala São Paulo, isso será histórico. Queremos entregar uma noite inesquecível e que todo esse trabalho junto da indústria de entretenimento ajude a acelerar ainda mais, a produção nacional”

Desde seu anúncio em abril, a CCXP Awards sempre ressalta ser um evento independente do evento físico que acontecerá em dezembro. Para isso, a organização começou os trabalhos recrutando seu ‘Comitê de Especialistas’, um júri composto por artistas, produtores, desenvolvedores, gamers, creators e jornalistas e diversos outros players que fazem parte da indústria do entretenimento no País.

Na etapa seguinte foram anunciados os Presidentes dos Júri composto por nomes como Marina Person (Filmes); o diretor, roteirista e produtor Ian SBF (Séries); a colunista, youtuber e criadora da PerifaCon, Andreza Delgado (Creators); o jornalista esportivo e especializado em esports, Roque Marques (Games); Pedro Ferreira e Mariana Viana, jornalistas e criadores do canal ‘Fora do Plástico’ (Quadrinhos) e Daniel Lameira, diretor criativo e editorial da Aleph (Literatura). No momento seguinte, a CCXP anunciou a composição do Júri Técnico em cada uma das vertentes composto por nomes como Mari Palma, Bárbara Gutierrez, Maria Bopp, Carol Moreira, Natalia Kreuser, Leo Hwan, Laluña Machado, entre outros.

A CCXP Awards segue moldes estabelecidos por grandes eventos como o Oscar, Festival de Cannes e o The Game Awards fechado para o público, contando apenas com convidados. O evento de gala tem a previsão de duração de 2h30, excluindo alguns momentos como Red Carpet, homenagens e shows. A transmissão total do conteúdo, envolvendo a CCXP Awards, está estimada a ultrapassar 6 horas e poderá ser conferida no site e redes sociais da CCXP, Omelete e streamer parceiros.

Vale destacar que na CCXP Awards, apenas as categorias ‘Filmes’, ‘Séries’ e ‘Games’ contarão com uma única subcategoria que irá premiar o melhor produto em escala global. Em todas as outras categorias e subcategorias, os concorrentes são 100% nacionais. Confira os finalistas de todas as categorias e subcategorias:
FILMES

– Melhor Filme do Ano (Global)

  • A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas
  • Ataque dos Cães
  • Druk – Mais uma Rodada
  • Encanto
  • Judas e o Messias Negro

– Melhor Filme (BR)

  • A Última Floresta
  • Medusa
  • Medida Provisória
  • Eduardo e Mônica
  • Turma da Mônica – Lições

– Melhor Direção (BR)

  • Anita Rocha da Silveira – Medusa
  • Anna Muylaert e Lô Politi – Alvorada
  • Daniel Rezende – Turma da Mônica
  • Lázaro Ramos – Medida Provisória
  • Luiz Bolognesi – A Última Floresta

– Melhor Ator (BR)

  • César Mello – Doutor Gama
  • Gabriel Leone – Eduardo e Mônica
  • Irandhir Santos – Piedade
  • Lázaro Ramos – O Silêncio da Chuva
  • Seu Jorge – Marighella

– Melhor Atriz (BR)

  • Alice Braga – Eduardo e Mônica
  • Grace Orsato – Meu nome é Bagdá
  • Jéssica Ellen – Cabeça de Nêgo
  • Renata Carvalho – Vento Seco
  • Taís Araújo – Medida Provisória

SÉRIES DE TV

– Melhor Série do Ano (Global)

  • Round 6
  • Succession
  • Arcane
  • WandaVision
  • Ted Lasso

– Melhor Série (BR)

  • Cidade Invisível
  • Manhãs de Setembro
  • O Caso Evandro
  • Sintonia
  • Sob Pressão

– Melhor Ator (BR)

  • Christian Malheiros – Sintonia
  • Fábio Assunção – Onde Está Meu Coração
  • Flávio Tolezani – DOM
  • Gabriel Leone – DOM
  • Selton Mello – Sessão de Terapia

– Melhor Atriz (BR)

  • Alessandra Negrini – Cidade Invisível
  • Hermila Guedes – Segunda Chamada
  • Letícia Colin – Onde Está Meu Coração
  • Letícia Colin – Sessão de Terapia
  • Liniker – Manhãs de Setembro

QUADRINHOS

– Melhor Quadrinho (BR)

  • Arlindo
  • Brega Story
  • Carniça e a Blindagem Mística: Parte Dois A tutela do Oculto
  • Confinada
  • Escuta, Formosa Márcia

– Melhor Quadrinista (BR)

  • Gidalti Jr. – Brega Story
  • Ilustralu (Luiza de Souza) – Arlindo
  • Laerte – Manual do Minotauro
  • Marcello Quintanilha – Escuta, Formosa Márcia
  • Shiko – Carniça e a Blindagem Mística: A tutela do oculto

– Melhor Álbum (BR)

  • Arlindo
  • Brega Story
  • Carniça e a Blindagem Mística: Parte Dois A tutela do Oculto
  • Escuta, Formosa Márcia
  • Isolamento

– Melhor Tira e Web-tira (BR)

  • A Urna – Amanda Miranda
  • Anésia & Dolores
  • Como eu sobrevivi à COVID-19 e seus amigos! (Tira)
  • Manual do Minotauro
  • Tê Rex: Zapzombie

– Melhor Roteirista (BR)

  • Gabriel Nascimento – A menor distância entre dois pontos é uma fuga
  • Ilustralu (Luiza de Souza) – Arlindo
  • Kash Fyre – Espetaculare Meneghetti
  • Leandro Assis e Triscila Oliveira – Confinada
  • Marcello Quintanilha – Escuta, Formosa Márcia

– Melhor Desenhista (BR)

  • Shiko – Carniça e a Blindagem Mística: A tutela do oculto
  • Orlandeli – Chico Bento – Verdades
  • Guilherme Petreca – Shamisen: Canções do Mundo Flutuante
  • Camilo Solano – Cidade Pequenina
  • Gidalti Jr. – Brega Story

– Melhor Arte-Finalista (BR)

  • Alcimar Frazão – Lovistori
  • Amanda Miranda – A Urna
  • Gidalti Jr. – Brega Story
  • Leandro Assis – Confinada
  • Orlandeli – Chico Bento — Verdade

– Melhor Colorista (BR)

  • Fabi Marques – Anne de Green Gables
  • Guilherme Petreca – Shamisen: Canções do Mundo Flutuante
  • Ilustralu (Luiza de Souza) – Arlindo
  • Orlandeli – Chico Bento – Verdade
  • Shiko – Carniça e a Blindagem Mística: A tutela do oculto

 

GAMES & ESPORTS

– Melhor Game (Global)

  • It Takes Two
  • Marvel’s Guardians of the Galaxy
  • Metroid Dread
  • Psychonauts 2
  • Resident Evil Village

– Melhor Game (BR)

  • Aspire: Ina’s Tale
  • Dodgeball Academia (Pocket Trap / Humble Games)
  • Unsighted (Studio Pixel Punk)

– Melhor Game Competitivo (BR)

  • Free Fire
  • R6 – Tom Clancy’s Rainbow Six Siege
  • Valorant

– Melhor Game Mobile (BR)

  • Free Fire
  • League of Legends: Wild Rift
  • Pokémon Unite

– Melhor ORG (BR)

  • AfroGames
  • Fúria
  • Loud
  • paiN Gaming
  • RED Canids Kalunga

– Melhor Pro-Player Masculino (BR)

  • Andrei “Art” Piovezan
  • Gabriel “Aegis” Lemos
  • Gabriel “FalleN” Toledo
  • Gustavo “Sacy”
  • Yago “Yago exe” Vinícius

– Melhor Pro-Player Feminina (BR)

  • Bruna “Bizinha” Marvila
  • Elizabeth “Liz” de Sousa
  • Gabriela “GaB” Scheffer
  • Karina “kaah” Takahashi
  • Natália “Daiki” Vilela

 

LITERATURA

– Melhor ficção (BR)

  • A extinção das abelhas
  • O Serviço de Entregas Monstruosas
  • O Último Ancestral

– Melhor não-ficção (BR)

  • Elke: Mulher maravilha
  • Ney Matogrosso: A Biografia
  • Racionais Mc’s: Sobrevivendo no inferno

 

CREATORS

– Melhor Streamer Masculino (BR)

  • Alanzoka
  • Alexandre Gaules
  • Casimiro
  • Jota Plays
  • Liminha

– Melhor Streamer Feminina (BR)

  • Camila Vieira (Kalera)
  • Diana Zambrozuski
  • Gabi Cattuzzo
  • Nicolle Merhy (Cherrygumms)
  • Sher Machado

– Melhor Canal / Criador revelação (BR)

  • Folclore BR: Uma Nova Visão
  • Luva de Pedreiro
  • Professor Noslen
  • Raphael Vicente
  • thallitaxavier

– Melhor Criador de conteúdo (BR)

  • Carol Moreira
  • Diva Depressão
  • Jovem Nerd
  • mikannn
  • phsantos 

– Melhor Podcast (BR)

  • Confins do Universo
  • Mano a Mano
  • Modus Operandi
  • NerdCast
  • Um Milkshake Chamado Wanda

– Melhor Mesacast (BR)

  • Ciência Sem Fim
  • Lança a Braba Podcast
  • Mais que 8 minutos
  • Podpah
  • Venus Podcast

CCXP Awards mostra finalistas da maior premiação nacional da cultura pop

Sem mais artigos