Nos últimos tempos, muitas mulheres se tornaram vítimas de ex-namorados e tiveram vídeos íntimos divulgados na internet, um crime que tem se tornado muito comum no mundo inteiro e sempre termina de maneira trágica. A fim de acabar com esse temor, o australiano Antony Burrows lançou o aplicativo Disckreet, que permite gravar fotos e vídeos íntimos do casal sem a insegurança de não saber se um dia o material vai cair na web.

Para usar o aplicativo é necessário que cada um dos parceiros crie um código de acesso. Com isso, podem gravar ou importar fotos e vídeos que só podem ser acessados quando as duas senhas forem digitadas.

A intenção é evitar que com o fim da relação um dos dois divulgue as fotos por vingança. E para deixar tudo ainda mais seguro, todos os arquivos são também criptografados e, assim, não podem ser acessados mesmo que o celular ou tablet seja roubado.

Por enquanto, o Disckreet está disponível apenas para iPhone e iPad por US$ 0,99 (cerca de R$ 2,20).

Sem mais artigos