Sistema promete banir fotos em locais escolhidos

Reprodução Sistema promete banir fotos em locais escolhidos

A Apple registrou uma patente nos Estados Unidos para um sistema que pode desabilitar a câmera dos iPhones por meio de raios infravermelhos. Esta seria uma ferramenta útil para travar os aparelhos em locais como shows, festivais, teatros ou onde seja proibido registrar imagens, como uma área reservada de um hospital, por exemplo.

O conceito surgiu em 2011 e já causou polêmica ao ser questionado pelos usuários se isto estaria barrando a liberdade de expressão e o direito das pessoas de registrarem fotos em locais públicos.

As próximas câmeras poderão carregar consigo um receptor destes sinais infravermelhos que responderá ao comando do sistema operacional nestes locais, fazendo com que o aparelho não faça vídeos ou fotos enquanto estiver nessa área.

“O transmissor pode estar localizado em locais onde a captação de fotos e vídeo seja proibida. Estes transmissores geram sinais que travam estes comandos temporariamente”, diz o texto da patente registrada.

A discussão sobre o fato da ferramenta violar ou não o direito das pessoas de fotografar ou filmar eventos já está enchendo os fóruns de tecnologia ao redor do mundo. Até o momento, não existe nenhum protótipo deste sistema em operação, mas é mais do que nítido que algumas pessoas já se interessam em fazê-lo funcionar.

Detalhe que mostra funcionamento do sistema

Divulgação Detalhe que mostra funcionamento do sistema

Sem mais artigos